RABISCOS POÉTICOS

AMAR É FÁCIL PARA QUEM TEM MEMÓRIA PORÉM, ESQUECER É DIFÍCIL PARA QUEM TEM CORAÇÃO.

Textos


O MAR


Gosto do mar que trás a maresia
O vento forte assopra o devaneio
O vai e vem das ondas na magia
Um amor esquecido que pleiteio


As dunas que se vão à ventania
Leva consigo o que não pranteio
Gosto do mar que trás a maresia
O vento forte assopra o devaneio


Uma canção dolente de travessia
Nesse compasso que ziguezagueio
O porvir de um novo sonho alivia
Gaivotas saúdam o dia em gorjeios
Gosto do mar que trás a maresia

 



 
 
(Inspirado no soneto MALQUERENÇAS - Poeta Odir Milanez)

VISITEM AS SUAS PÁGINAS:

http://www.oklima.net/
http://odirmilanez.blogspot.com.br/


 



ONDAS


Mar de ondas altaneiras,
num vai e vem que me encanta,
marulham, se fazem ligeiras,
devaneiam, graça tanta. 


A sua beleza me espanta,
eu as sinto alvissareiras.
Mar de ondas altaneiras,
num vai e vem que me encanta.


Alegres são, são brejeiras,
às vezes mansas, tão santas...
Brincam em loucas carreiras,
nada, nada, as suplanta.
Mar de ondas altaneiras.

Poeta HLUNA

(Grata, pela sua carinhosa interação, Helena!)




 
SanCardoso
Enviado por SanCardoso em 09/09/2015
Alterado em 12/09/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras