RABISCOS POÉTICOS

AMAR É FÁCIL PARA QUEM TEM MEMÓRIA PORÉM, ESQUECER É DIFÍCIL PARA QUEM TEM CORAÇÃO.

Textos


SETE ANOS DE RECANTO DAS LETRAS


Nestes sete anos, aqui nesse Recanto
Agregaram-se a mim amigos tantos
E, juntos, entoamos muitos cantos
Ah! Alguns foram sons em esperantos
Outros acordes foram de desencantos...

As rimas não perderam os seus encantos
Nem a sua magia em suaves acalantos
Inspirados em temas quase sacrossantos
Cultivar os amigos com os seus quebrantos
É seguir a amizade envoltos em belos mantos...



Agradeço a todos os amigos que me prestigiaram nestes sete anos, dedicando-me especial carinho e desvelo ao lerem e comentarem os meus textos.



OBRIGADA,  QUERIDOS AMIGOS POETAS!

10/12/2005  a 10/12/2012

 




Agradeço todas as homenagens recebidas dos amigos poetas que se seguem...Obrigada, queridos!


S.  ão sete anos de Recanto
A.  rtífice das letras
N.  ascida para escrever

C.  riativa e carinhosa  
A.  miga incondicional  
R.  espeita a todos como iguais
D.  iamante ricamente lapidado
O.  rquestra muito bem a vida
S.  ábia mulher
O.  ra por todos com fé.
 

Poeta Estrela Radiante

(Grata, pelo seu especial carinho em acróstico, Regina!)



Recebi do Poeta Gajocosta a imagem natalina que está ilustrando o meu perfil.





Desejo-lhe um Feliz e abençoado Natal juntamente com os seus familiares.

(Grata, pelo seu especial carinho, José!)




S* AN, QUERIDA AMIGA
A* MOROSA E MUI GENTIL
N* OITES E DIAS DE DEDICAÇÃO

C* ARINHOSA E SOSSEGADA
A* RTISTA DAS LETRAS E VERSOS
R* OMANTICA E SONHADORA
D* OA A SUA SABEDORIA EM CANTOS
O* UÇO SEMPRE SUAS CANÇÕES
S* UAVES E MEIGAS
O* NDE A ARTISTA E VOCÊ,SAN!

Poeta Oliveira Rosa

(Grata, pelo seu especial carinho em acróstico, Rosinha!)




PARA BRILHAR NO RECANTO.


Sete anos não é pouco
Para brilhar no recanto.
Com teus versos belos, loucos,
Que a nós encanta e tanto!

Que a nós encanta e tanto
Tal coração exaltado.
Pelo rouxinol, do canto,
Mavioso, apaixonado!

Mavioso, apaixonado
É teu poema em Trovílias.
Que nos deixa encantados
Como a luz do sol que brilha!

Como a luz do sol que brilha,
Clareando todo canto.
Teus versos são nossa trilha
Para brilhar no recanto!

(Milla Pereira)


(Grata, pela sua especial e carinhosa trovília, Milla!)


 
Sete anos se passaram
Ela sempre a escrever
Tantos textos ficaram
Todos deliciosos de se ler. 

Poeta Lenapena

(Grata, pela sua especial e carinhosa trova, Lena!)


HOMENAGEM - SAN CARDOSO-(cadeia de mindins)-77

SAN
está
em

festa,
sete
anos

faz
brilhar,
poesias

trovas
contos...
doa-se

em
amor
à esse

doce
canto
mostra

sua
arte
e canta

para
o mundo
e como

é belo
o seu
cantar !

 
Poeta Aila Brito

(Grata, pela sua carinhosa homenagem em mindins, Aila!)




 
SanCardoso
Enviado por SanCardoso em 09/12/2012
Alterado em 10/12/2013
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras