RABISCOS POÉTICOS

AMAR É FÁCIL PARA QUEM TEM MEMÓRIA PORÉM, ESQUECER É DIFÍCIL PARA QUEM TEM CORAÇÃO.

Textos


AS ESTAÇÕES...

A contarem os meus verões...
Seguem os meus outonos.
Nessas incontidas estações.
Inquietos são os meus sonos.


Poucas foram às primaveras.
A galopar sem parar ao tempo
A contarem os meus verões...
Seguem os meus outonos.



Um tempo a seguir omisso.
Que antecipam as novas eras.
Vento afoito em inverno arisco.
Sem deterem um contratempo

A contarem os meus verões...



 
SanCardoso
Enviado por SanCardoso em 20/04/2012
Alterado em 24/09/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.sancardoso.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras