RABISCOS POÉTICOS

AMAR É FÁCIL PARA QUEM TEM MEMÓRIA PORÉM, ESQUECER É DIFÍCIL PARA QUEM TEM CORAÇÃO.

Textos


TALIBÃ EXECUTA EM PUBLICO MULHER AFEGÃ...


Rebeldes talebãs executaram em público uma mulher afegã por um suposto caso de adultério, informou nesta segunda-feira a polícia local, trazendo à memória o período em que o grupo governou o Afeganistão. A vítima, uma viúva de 48 anos, recebeu dezenas de chicotadas antes de morrer baleada no remoto distrito de Qades, localizado na província de Badghis e sob o controle dos insurgentes, informou Abdul Jabar, funcionário policial local de alto escalão.
Um porta-voz dos talebãs, que lideram a insurgência contra o governo afegão e as forças estrangeiras, disse, porém, que não tinha conhecimento do incidente e que não poderia comentá-lo. O homem não identificado que manteve a suposta relação com a mulher fugiu.
- Ocorreu diante do público. Apesar de ninguém ter apresentado uma queixa, o governo tomará suas próprias medidas sobre o incidente – declarou o funcionário local Abdul Jabar.
Se for confirmada, a execução, que aconteceu no domingo, seria a segunda de uma mulher realizada por talebãs desde sua derrubada há nove anos. Outra mulher morreu anteriormente da mesma forma, acusada de ter espionado para as forças estrangeiras.

NOTICIA DO JORNAL O CORREIO DO BRASIL - 20/11/2011
http://correiodobrasil.com.br/categoria/nacional/

----------------------------------------------------------------------



As mulheres, de todas as raças e todos os credos, lutam simplesmente, pelo direito de viver, respirando o mesmo ar poluído, que os demais seres "respirantes", respiram...



A mulher afegã não tem o direito de esboçar um sorriso. - Se um homem que não for o seu marido ver ou ouvir o seu sorriso, ele tem o direito de cessar esse gesto espontaneo, do seu rosto.

Estamos no Século XXI e deparamos com esse tipo de notícias nos jornais e noticiários atuais...

Sem maiores comentários...Apenas a publicação da minha indgnação contra as MULHERES...

SanCardoso
Enviado por SanCardoso em 20/11/2011
Alterado em 20/11/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.sancardoso.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras