RABISCOS POÉTICOS

AMAR É FÁCIL PARA QUEM TEM MEMÓRIA PORÉM, ESQUECER É DIFÍCIL PARA QUEM TEM CORAÇÃO.

Textos


PÁSSARO SOLITÁRIO -
(TIPO DE POEMA - ELIDRAM)



A voar longe ao ponto mais alto.
Não quer, ter uma fêmea de Cia.
É um sozinho em sobressalto.


Prefere voar as matas ao asfalto.
O teu canto trás a paz, harmonia.
O teu bico a apontar p'ro alto

Ele não tem uma cor definida.
sem ninho, voa livre, sem guarida

É um pássaro a cantar aos céus.
Um canto suave sem escarcéus






ELIDRAM – Novo tipo de poema

Criado, pela nossa Amiga e Poeta Mardilê Fabre,
do Recanto das Letras, desde 2008.
Inspirou-se no soneto 44 33, e no indriso 33 11, criado pelo español Isidro Ituart, que agora reside em São Paulo

Criou, então, o poema de forma fixa:
33 22 =10 versos
Rimas ABA, CBC, EE
Tema livre, mas titulo obrigatório.

Fonte Literária: Escrivaninha da Poeta MVA - Obrigada, Marlene, pela divulgação dessa ferramenta literária, querida!



Grata, Mardilê, por essa sua brilhante criação literária, querida! 
SanCardoso
Enviado por SanCardoso em 25/10/2011
Alterado em 03/08/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.sancardoso.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras