RABISCOS POÉTICOS

AMAR É FÁCIL PARA QUEM TEM MEMÓRIA PORÉM, ESQUECER É DIFÍCIL PARA QUEM TEM CORAÇÃO.

Textos


SÉRIE VENTOS NA MITOLOGIA - EURUS VENTO DO LESTE

Eurus, vento leste, criador das tempestades....

Eurus, seria o vento leste também do Oriente, que chegava aos cavalos de sua mãe, a Aurora. Horácio descreveu-o como um vento furioso, mas outros autores atribuíam-lhe um carácter tranquilo. Era representando com duas asas e os cabelos desgrenhados, trazendo nas mãos muitas flores. Austro, o vento Sul, foi descrito por Ovídio como um velho de cabelos brancos, estatura elevada, ar sombrio e uma nuvem em redor da cabeça. Era também representado com um regador nas mãos, indicando que Austro era o vento que trazia a chuva. Os Ventos regulares e benéficos foram assiduamente cultuados na religião grega. Em Atenas, eram venerados juntos num templo octogonal: cada ângulo do edifício ostentava a figura de um deles e sob o cimo piramidal existia um tritão esculpido em bronze, que, através de um ponteiro, indicava o vento que estava soprando no momento. Os ventos eram frequentemente representados nas artes clássicas e cantados pelos poetas da antiguidade.

Texto pesquisado na web.
SanCardoso
Enviado por SanCardoso em 30/10/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.sancardoso.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras